Como manter o seu site seguro? 12 dicas valiosas

Como manter o seu site seguro: 12 dicas valiosas

Manter o seu site seguro é uma dificuldade para você? Se sim, isso acaba aqui, pois hoje separamos um conteúdo especial, uma verdadeira imersão de segurança de sites. Afinal, a presença digital hoje não é uma escolha e sim uma necessidade. 

Os sites conseguem minimizar essa distância dos seus clientes até a sua empresa. Além disso, faz tempo que os endereços na Web deixaram de ser um artigo de luxo. Hoje em dia é possível comprar sites de diversos valores e até mesmo optar por um aluguel de site. 

Mas, existe um grande problema quando eles não têm a proteção necessária. Muitos são os riscos de um site sem proteção, e esses riscos podem afetar não só a empresa como também os clientes. 

Evite que o seu negócio enfrente um ataque cibernético. Para isso, basta acompanhar a leitura do material que preparamos a seguir. Somos a Sagy Marketing, especialista em desenvolvimento e reestruturação de sites. 

Saiba manter o seu site seguro: papel da segurança no sites

Como uma agência de marketing digital, percebemos a carência da discussão da segurança digital de sites aqui no Brasil. 

Segundo um estudo conduzido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), mais de 205 milhões de cidadãos brasileiros foram alvo de vazamentos de dados de natureza criminosa em 2019, representando um aumento de 493% em comparação com o ano anterior. 

Paralelamente, em 2021, houve um aumento de 612% no número de tentativas de fraude no Brasil, de acordo com dados da TransUnion.

Com isso, podemos notar que conforme os dias se passam, as empresas pouco percebem a necessidade de encontrar meios de proteger os seus sites e trazer segurança para os seus clientes. 

Quer saber porque isso é importante? Recentemente, um estudo realizado pela Capterra apresentou dados de que a cada 10 consumidores 6 priorizam a sua proteção no mundo digital. 

Por isso, não importa mais se você apenas tem um site se ele não é seguro. Mas como é possível trazer segurança para o digital? Será que você consegue deixar o seu site seguro? Sim, e para explicar como, separamos 12 dicas valiosas que podem te ajudar. 

Continue a leitura e aproveite esse material rico e de suma importância para a presença da sua empresa na internet. 

12 dicas para manter o seu site seguro

Como destacamos anteriormente manter o seu site seguro é essencial, mais da metade dos brasileiros que realizam compras online ou procuram por empresas, prezam por um site seguro.

Diante disso, chegou o momento da sua empresa adotar esse ponto, a segurança, como uma prioridade e manter o seu site seguro

A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) passou a ser vigente no ano de 2021, o mesmo ano em que o maior vazamento de dados aconteceu na história do Brasil. 

Cerca de 223,74 milhões de pessoas tiveram dados como CPF, nome completo, estado civil, endereço e outros dados relevantes vazados. Ademais, há um ponto importante, esse número de dados vazados supera o total da população brasileira. 

Isso apenas mostra a dimensão da seriedade do vazamento, já que ele incluiu vítimas já falecidas. Assim, a partir de então, com a vigência da LGPD, toda e qualquer empresa envolvida diretamente ou indiretamente com o vazamento de dados, deve responder judicialmente. 

As sanções podem ser apenas uma advertência na melhor das hipóteses, mas na pior pode ser uma multa de 2% sobre o faturamento anual ou até R$50 milhões no máximo. 

Entendeu como é importante prezar pela segurança de um site já ao contratar um serviço como esse? Por isso, é importante cuidar dos dados da empresa assim como dos clientes que acessam e usufruem do seu site. 

Quer saber por onde começar essa proteção? Acompanhe as dicas a seguir!

1- Use o CloudFlare para manter o seu site seguro

O principal propósito do CloudFlare nada mais é do que otimizar a velocidade de resposta e proteção dos sites que fazem parte da sua infraestrutura. 

Este serviço, desenvolvido pela CloudFlare Inc., pode redirecionar o tráfego da web usando uma rede de distribuição de conteúdo conhecida como CDN. 

A função da CDN é melhorar a velocidade de acesso às páginas do seu site, protegendo contra ameaças, restringindo atividades de bots e aliviando a carga do servidor.

2- Mantenha o seu site atualizado

A grande maioria dos sites atualmente estão no WordPress, mas mesmo sendo nele ou em qualquer outra, é de suma importância manter a atualização. 

É comum que os administradores acabem deixando o site de lado após a compra ou contrato. Claro, talvez seja um reflexo do cotidiano da empresa. Mas, fazer isso traz riscos não só para o seu negócio como também para os clientes que navegam no site. 

Afinal, existem aquelas armadilhas onde os hackers conseguem roubar dados para acessar as plataformas e invadir sites. Sem contar que a cada dia mais eles se reinventam para praticar golpes com uma maior perfeição. 

Ou seja, a atualização é necessária, pois aquilo que ontem era um critério de segurança, hoje já pode estar obsoleto. Dessa forma, as atualizações garantem que o seu site esteja sempre seguro. 

Se você conta com uma agência de marketing para cuidar do seu site, sempre lembre aos seus desenvolvedores de estar atualizado o site sempre que surgir uma nova versão atualizada. 

3- Conte com senha forte para manter o seu site seguro

Por mais que essa seja uma dica até óbvia, é comum que muitos gestores optem por gerar senhas fáceis e de sequência para evitar a perda de acesso por erro na senha. 

Mas, com a quantidade de ataques que acontecem, essa é a principal forma de barrar a invasão por senha. 

Sempre que for criar uma senha para o seu site, pense que aquelas que parecem senhas fáceis de usar, sempre são as melhores para se descobrir. Por isso, você pode optar por recorrer a ferramentas que ajudem a gerar senha. 

Na verdade, até mesmo o próprio Google é capaz de sugerir algumas senhas fortes e seguras. Priorize um misto de números, caracteres e letras para que elas não sejam tão óbvias. 

4- Contrate o Certificado SSL

Sabe aqueles dados que destacamos anteriormente, que a cada 10 pessoas que compram online, 6 se preocupam com a segurança dos seus dados? 

Isso nada mais é do que a representação dos usuários que analisam a segurança como o principal critério antes de entrar em um site. E se você quer manter o seu site seguro, o Certificado de SSL é a principal ferramenta. 

A partir do momento em que ele é instalado, o seu URL muda de http:// para https://. Além disso, para uma segurança ainda mais visível, um cadeado também aparecerá na barra de endereço mostrando para quem acessa que a conexão é segura. 

A criptografia de 256 bits é usada no sistema de segurança para guardar os dados em uma rede fora da internet. Assim, cartões, dados pessoais, e-mails, endereços e demais informações não podem ser vazadas. 

5- Não hospede vários sites em um único servidor 

Em casos de empresas de grande porte ou que oferecem mais de um tipo de serviço em nichos diferentes, cuidado com a hospedagem de sites. Afinal, é comum que para economizar, a solução ideal seja colocar dois ou mais endereços em um único servidor. 

Por mais que seja economicamente viável, opte por instalar eles em diferentes servidores, sendo o ideal um para cada site. Além de evitar sérios problemas, caso um seja hackeado, o servidor do outro permanece intacto.

6- Em páginas importantes use o Captcha 

Se você tem hábitos de navegar bastante na internet, certamente já se deparou com um formulário CAPTCHA ao fazer login ou inserir informações, certo?

CAPTCHA, abreviação de “Completely Automated Public Turing test to tell Computers and Humans Apart”, é um teste utilizado para distinguir se o tráfego é gerado por humanos ou por robôs, sendo uma ferramenta bastante explorada por hackers. 

Basicamente, esse é um formulário que consiste em um tipo de desafio no qual o usuário deve digitar uma sequência de caracteres, deve ele responder algumas perguntas com imagens ou identificar fulguras, reescrever caráteres e assim por diante. 

Embora muitas pessoas considerem essa medida de segurança chata por interferir na experiência do site, essa é uma estratégia eficaz para proteger o site, pois ajuda a reduzir spam e violação de senhas.

7- Faça uma limpeza nos seus plug-ins

Com o passar do tempo é natural que ao usar o site para algumas coisas, outras fiquem de lado. 

Mas, é importante remover todos aqueles plug-ins nativos que não estão em uso. Talvez você nem perceba que eles estão ali, pois já fazem parte da plataforma escolhida para o seu site. 

No entanto, optar por remover todos eles que não estão em uso é uma forma de fechar contra ataques e evitar a vulnerabilidade do site.

9- Não economize na hospedagem

Muitos são os ataques cibernéticos que podem ser evitados com uma hospedagem segura. Por isso, aceite essa dica de uma agência que entende do assunto, não economize na segurança e contrate uma hospedagem segura de verdade. 

Não estamos menosprezando hospedagem A ou B, mas são muitos os recursos de segurança relacionados ao servidor. Assim, se ele for fraco, sem segurança e vulnerável, o seu site fica ainda mais exposto para ataques. 

Portanto, conte com uma empresa especialista em desenvolvimento de sites como a Sagy Marketing para ter uma assessoria completa na escolha da hospedagem. Afinal, é possível encontrar aquela opção com o melhor custo benefício. 

10- Mensagem de erro

Para construir um ambiente em que você preza por manter o seu site seguro, é importante elaborar bem as mensagens de erro. 

Pense que, ao mesmo tempo, em que elas precisam ser úteis, devem ser simples. Mas, acima de tudo, deve ser clara para os usuários saberem o motivo do erro. 

Em um exemplo, digamos que você está trabalhando uma mensagem de erro para a tela de acesso. Colocar apenas uma “senha e logins incorretos” é uma alternativa melhor do que usar “dados incorretos” ou “login está incorreto”. 

Isso traz uma maior segurança para que os seus clientes e colaboradores identifiquem o erro e forneçam mais uma vez a informação correta. 

11- Tenha ferramentas que evitem upload de arquivos nocivos 

Uma das principais formas de evitar problemas como esse em sites que não precisam de upload de arquivos é simplesmente desativar a função totalmente. 

Mas, para outros casos em que ele ´é necessário, siga as seguintes dicas e evite um ambiente malicioso para os seus usuários:

  • Tenha um limite de tamanho de arquivo;
  • Crie uma lista dos formatos que podem ser aceitos;
  • Instale um antivírus para fazer um scanner nos arquivos antes que sejam abertos;
  • Tenha uma pasta separada da webroot para abrir esses arquivos.

12- Contrate uma agência de marketing digital para manter seu site seguro

Uma agência de marketing digital em São Paulo oferece toda a segurança que o seu site precisa. Por isso, não pense duas vezes e contrate antes mesmo do desenvolvimento do seu site. 

Se você quer manter o seu site seguro, entregue às suas necessidades para o time de profissionais da agência e solicite o certificado de segurança SSL. 

Para manter o seu site seguro conte com a Sagy Marketing

A Sagy Marketing é uma agência de marketing digital especialista em desenvolvimento de sites seguros. Oferecemos opções de sites para contabilidade e os mais variados nichos sempre focados na segurança da empresa e dos usuários. 

Além disso, trabalhamos com o certificado de segurança SSL que é um dos principais critérios de proteção de sites na atualidade. Fale com um dos nossos especialistas e conheça os nossos demais serviços voltados para o desenvolvimento de sites seguros. 

Estamos também com uma opção de produção de site de aluguel. Além de economicamente viáveis, você garante a segurança dos seus clientes e aumenta a sua carteira de clientes. Precisa aparecer no Google e ser encontrado?

Não perca tempo, entre em contato e descubra o que podemos fazer pela sua empresa. 

Para mais assuntos como esse, acompanhe o nosso blog e fique por dentro de muito mais!

Principais perguntas sobre como manter o seu site seguro

Por que é importante manter meu site seguro?

Manter seu site seguro é essencial para proteger seus dados, os dados dos seus usuários e a reputação da sua marca. Hackers podem roubar informações confidenciais, infectar seu site com malware ou até mesmo derrubá-lo, causando prejuízos financeiros e danos à sua credibilidade.

Quais são algumas práticas recomendadas para garantir a segurança do meu site?

Algumas práticas recomendadas incluem manter seu software atualizado, utilizar senhas fortes e únicas, implementar um firewall de aplicativos da web (WAF), fazer backups regulares, usar uma conexão segura (HTTPS) e monitorar atividades suspeitas.

Como posso proteger meu site contra ataques de hackers?

Para proteger seu site contra hackers, é importante implementar medidas de segurança robustas, como a instalação de plugins de segurança, a limitação de tentativas de login, a proteção contra ataques de força bruta, a configuração de permissões adequadas de arquivo e diretório e a auditoria regular de vulnerabilidades.

O que devo fazer em caso de uma violação de segurança?

Em caso de violação de segurança, é crucial agir rapidamente. Isso inclui remover o malware, restaurar a partir de um backup limpo, alterar todas as senhas comprometidas, notificar os usuários afetados e investigar a causa raiz para evitar futuros incidentes

Como posso manter minha equipe atualizada sobre as melhores práticas de segurança?

Manter sua equipe atualizada sobre as melhores práticas de segurança pode ser feito por meio de treinamentos regulares, workshops, webinars e o compartilhamento de recursos educacionais. Além disso, é importante promover uma cultura de segurança cibernética, incentivando a comunicação aberta sobre possíveis ameaças e vulnerabilidades.

Classifique nosso post
Compartilhar:
Picture of Nicole Rozeno
Nicole Rozeno
"Olá! Eu sou Nicole, redatora SEO aqui na Sagy e apaixonada por palavras e entusiasta da otimização de conteúdo online. Com uma caneta sempre pronta e um olhar atento para as tendências digitais, mergulho no universo da escrita para criar conteúdo que não apenas atrai, mas também eleva a visibilidade online. Minha jornada como redatora SEO na era digital envolve a habilidade de transformar conceitos complexos em textos envolventes e amigáveis aos motores de busca. Na constante busca por palavras-chave relevantes e estratégias de otimização, estou comprometida em impulsionar a presença online dos meus clientes. Vamos juntos explorar a arte de contar histórias de forma otimizada e conquistar os primeiros lugares nos resultados de pesquisa!"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter

Get free tips and resources right in your inbox, along with 10,000+ others
Recomendado para você
O SEO para sites ou Otimização para Mecanismos de Buscas…